Afale

No dia de finados Pe. Sérgio pede para rezar pelos vivos

A Novena Perpétua  e Vitoriosa de São Jorge nesta quinta-feira foi marcada pela memória e saudade dos falecidos.  As quatro celebrações recordaram a importância de lembrar aqueles que partiram para a eternidade e cumpriram sua missão neste mundo. O Pároco, Pe. Sérgio Belmonte. afirmou que Deus também fez a sua experiência de morte com o sofrimento  e o padecimento de Jesus.

Ele acrescentou que só quem perde um a mãe, uma pessoa amada sabe o valor que ela tem. "Por isso, não devemos dar valos às pessoas depois que ela morrem. Precisamos rezar por elas e com elas enquanto vivem, pois esse testemunho vao construir a felicidade eterna".

Numa das celebrações, um depoimento de um devoto emocionou os fiéis. Nicanor Vieira contou um acontecimento que, segundo ele, foi amparado por São Jorge. Estava lenado os dois netinhos para a casa de seus pais. Num cruzamento da Zona Norte ocorreu uma colisão com um veículo em alta velocidade. "Na hora, implorei por São Jorge e nada aconteceu. Meus netos nada sofreram. Tenho certeza que nada aconteceu porque levo um adesivo de São Jorge em meu carro. Por isso, estou aqui para agradecer". 

Afale1

Vieira deu testemunho de graça alcançada